Assine nossa newsletter

Começo de semana fraquinho nos negócios

O volume de operações deverá ser reduzido por causa de feriados nos EUA e no Brasil
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Feriado nos Estados Unidos hoje, o Columbus Day, com alguns mercados fechados naquele país, mas bolsas abertas. Feriado no Brasil amanhã, Dia de Nossa Senhora Aparecida, com bolsa fechada nesta terça-feira. Imagine como devem ser os negócios nestes dias? Isso mesmo. Muito fracos. Mas estaremos aqui para acompanhar.

Burburinho mesmo será na quarta-feira, quando o Federal Reserve, o banco central norte-americano, irá divulgar a ata da última reunião do comitê de política monetária deles, o FOMC. Pelo texto da ata, o mercado pode ter uma ideia sobre o início da redução dos incentivos ao mercado, o Tapering. Então, podemos mesmo esperar muitas emoções nos mercados a partir deste dia 13.

LEIA MAIS: Índices globais de economia caem em outubro

Na sexta-feira 15, o Brasil vai acompanhar um indicador que é conhecido como a prévia do PIB, o Produto Interno Bruto. É o IBC-Br, divulgado pelo Banco Central e que deve agitar negócios por aqui.

O cenário político também vai merecer atenção. O Ministro da Economia Paulo Guedes anda isolado por causa da crise econômica que assola o país, mas principalmente pela polêmica sobre suas empresas offshore. Empresas offshore são o nome daquelas corporações que são abertas em países conhecidos como paraísos fiscais, ou seja, que não têm muita (ou têm zero) fiscalização dos negócios e das movimentações bancárias, além de não exigirem declaração de bens. Guedes possui uma empresa nas Ilhas Virgens Britânicas o que gera polêmica em relação ao conflito de interesses com o cargo que ocupa no governo. Ninguém sabia deste negócio offshore do ministro até reportagens investigativas feitas por um consórcio global de veículos de imprensa fazerem a revelação que foi batizada de Pandora Papers. Vamos ver no que dá.

O dólar fechou perto da estabilidade na última sessão, após forte alta na semana passada. Hoje, dificilmente terá muita oscilação por causa da baixa liquidez no mercado de ações. No economês, liquidez significa volume financeiro, tá?

Já o noticiário corporativo deu uma trégua na sexta à noite. Mas houve algumas notinhas, sim, boas de acompanhar. Vamos ver.

Petrobras (PETR3; PETR4) divulgou assinatura de acordo de R$ 1,4 bilhão para resolver passivo ambiental devido ao vazamento do Oleoduto Santa Catarina (OSPAR). O acidente ambiental ocorreu em 16 de julho de 2000 no município de Araucária, no Paraná. Segundo a estatal, o pagamento será em quatro parcelas trimestrais.

B3 (B3SA3) anunciou volume financeiro com média diária 24% maior em setembro na comparação anual, a R$ 34,7 bilhões. Em relação a agosto, a alta foi de 2%.

Luciene Miranda é repórter especial na Elas Que Lucrem

Fique por dentro de todas as novidades da EQL

Assine a EQL News e tenha acesso à newsletter da mulher independente emocional e financeiramente

Baixe gratuitamente a Planilha de Gastos Conscientes

Participe da live Meu Primeiro Investimento

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem:

Assine nossa newsletter