Mulheres transformam guarda-chuvas em abrigo impermeável para moradores de rua em Petrópolis

“Projeto é liderado por voluntárias motivadas a ajudar a população vulnerável a enfrentar o inverno da serra fluminense
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Motivadas por ajudar a população de rua, um grupo de mulheres está transformando guarda-chuvas quebrados em abrigos impermeáveis para moradores de rua enfrentarem o clima de Petrópolis (RJ). Segundo o portal de notícias local Soul Petrópolis, o projeto “Guarda-chuvas que Acolhem”  é comandado por Josélia Contage, Marisa Alves e Ana Maria Rattes, com o objetivo de acolher e aquecer a população mais vulnerável ao inverno. 

Josélia Contage, 74 anos, é professora, mas encontrou na ação uma forma de ajudar o próximo. “Está muito frio e a gente fica pensando nessas pessoas na rua e sem nenhum conforto. Fazendo os abrigos encontrei uma forma de ajudar. Às vezes a gente acha que precisa de dinheiro para ajudar o outro, mas existem outras maneiras“, disse Josélia ao Soul Petrópolis.

OLHA SÓ:

Recém criada, a iniciativa já doou 44 abrigos a moradores de rua de Petrópolis, na serra fluminense. As peças, que funcionam como sacos de dormir, são confeccionadas na casa de Ana Maria, uma das líderes do projeto. Segundo Ana, a entrega é realizada pelas equipes de abordagem compostas por agentes do Centro Pop (Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua)  e do Centro de Defesa dos Direitos Humanos (CDDH) para as pessoas que se recusam a dormir nos abrigos.

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem: