Brasil tem primeiro fluxo cambial mensal negativo do ano em maio

Bancos aumentaram sua posição vendida em dólares no mercado à vista pela primeira vez em cinco meses
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

O fluxo cambial voltou a ficar negativo em maio, em US$ 1,821 bilhão, depois de quatro meses de entrada líquida de dólares, mostraram dados do Banco Central hoje (9).

O resultado negativo no mês foi determinado por uma saída de US$ 4,089 bilhões na conta financeira, apenas parcialmente compensada por um fluxo positivo nas operações comerciais de US$ 2,268 bilhões.

OLHA SÓ: Dólar ronda estabilidade ante real após dados de inflação

O BC mostrou, ainda, que nos três primeiros dias úteis de junho o fluxo foi negativo em US$ 436 milhões. No ano, o país acumula agora um fluxo cambial positivo de US$ 10,455 bilhões. No mesmo período de 2020, a conta estava negativa em US$ 9,573 bilhões.

Os bancos aumentaram sua posição vendida em dólares no mercado à vista pela primeira vez em cinco meses em maio. Esse estoque passou a US$ 18,699 bilhões, ante US$ 16,932 bilhões em abril.

(com Reuters)

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem: