Imobiliária digital EmCasa recebe aporte R$ 110 milhões

Anúncio do investimento ocorre com o mercado imobiliário aquecido no país, diante do cenário de baixas taxas de juros
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

A startup de compra e venda de imóveis EmCasa anunciou hoje (21) que recebeu um aporte de R$ 110 milhões, numa rodada liderada por Globo Ventures, Igah Ventures, Flybridge, monashees, Maya Capital, Pear Ventures, NBV e ONEVC.

A companhia criada em 2018 usa visita virtual com tecnologia 3D, integração com bancos e digitalização de processos e equipe própria para ganhar eficiência e agilidade na venda de imóveis.

OLHA SÓ: Grupo Soma levanta R$ 833,4 milhões em oferta de ações para comprar Cia Hering

Segundo o fundador e presidente da empresa, Gustavo Vaz, esse modelo permite vender em média 10 vezes mais imóveis por ano do que os corretores tradicionais, em um tempo três vezes menor comparado a média do mercado.

O anúncio do aporte ocorre com o mercado imobiliário aquecido no país, diante do cenário de baixas taxas de juros. Segundo a Abecip, em 2021 até maio, o volume de crédito concedido para compra da casa própria somou R$ 77,48 bilhões, alta de 127% ano a ano.

No entanto, com parte dos potenciais compradores evitando contato social devido à pandemia da Covid-19, construtoras e corretoras têm buscado opções digitais para garantirem vendas.

“Os recursos captados serão usados para investir na tecnologia proprietária para expandir o negócio”, afirmou o presidente da EmCasa, cujas operações hoje são concentradas em São Paulo e no Rio de Janeiro.

(com Reuters)

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem: