Assine nossa newsletter

Ibovespa fecha com queda discreta minado por NY e declínio das blue chips

Bolsa paulista abriu sob efeito positivo de dados norte-americanos
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

O Ibovespa fechou com baixa discreta hoje (14), contaminado pela piora em Wall Street, além do declínio de blue chips como Vale, Petrobras, Bradesco e Itaú Unibanco, enquanto investidores seguiram atentos à política doméstica.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa caiu 0,19%, a 116.180,55 pontos, depois de tocar 115.809,02 pontos na mínima e 117.269,82 pontos na máxima da sessão. O volume financeiro alcançou R$ 25,6 bilhões.

VEJA MAIS: Itaú estima que PIB deve crescer apenas 0,5% em 2022 com inflação, juros e dólar mais altos

A bolsa paulista abriu sob efeito positivo de dados norte-americanos sugerindo que a inflação ao consumidor nos EUA atingiu seu pico, cenário que corrobora apostas de que o Federal Reserve vai demorar mais para reduzir estímulos.

De acordo com o Departamento do Trabalho, o índice de preços ao consumidor excluindo os componentes voláteis de alimentos e energia subiu 0,1% no mês passado. Foi a taxa mais fraca desde fevereiro, após aumento de 0,3% em julho.

No entanto, segundo o sócio-fundador da gestora 3R Investimentos Tomas Awad, embora tal cenário seja normalmente bom para Brasil, começa a aumentar a preocupação que esse comportamento da inflação ocorre pela falta crescimento nos EUA.

“Depois de movimento inicial de recuperação pós pandemia, em que a base de comparação era muito baixa, se começa ver números deixando de melhorar, alguns números piorando”, afirmou. Ele ressaltou que ainda há indicadores melhorando, mas que o ritmo do crescimento norte-americano preocupa bastante.

Na bolsa de Nova York, o S&P 500 caiu 0,57%, também refletindo receios com um possível aumento na tributação de empresas, além da queda das ações da Apple após revelar o iPhone 13, entre outros produtos e atualizações.

LEIA TAMBÉM: Apple lança Iphone 13 com chip mais potente

No cenário doméstico, Awad afirmou que há “um pouco de tudo” endossando um posicionamento mais cauteloso, incluindo revisões para baixo do crescimento da economia, inflação alta, crise de energia, a instabilidade política.

Em relação à questão dos precatórios, amplamente monitorada por agentes financeiros, o relator da PEC que trata do tema apresentou seu parecer à CCJ da Câmara hoje pela admissibilidade da proposta.

Destaques:

– MAGAZINE LUIZA ON recuou 2,35%, a R$ 17,03, menor fechamento desde junho de 2020, em meio a perspectivas de desaceleração da métrica GMV no terceiro trimestre.

– PETROBRAS PN caiu 1,33%, em sessão marcada pela presença do presidente da companhia em comissão na Câmara dos Deputados, na qual disse que “empresa forte contribui mais para o Brasil”. Declarações do presidente da Câmara sobre a companhia também repercutiram.

– VALE ON recuou 0,71%, na esteira de novo declínio dos preços do minério de ferro na China. Analistas do BTG Pactual, por sua vez, reiteraram recomendação de ‘compra’ para as ações e destacaram, entre outros pontos, que dividendos devem ser anunciados nos próximos dias.

– ITAÚ UNIBANCO PN e BRADESCO PN cederam 0,62% e 0,66%. Analistas do Itaú BBA cortaram a recomendação dos papéis do Bradesco a ‘market perform’, citando entre as razões as perspectivas de recuperação mais fraca do que se esperava da economia no segundo semestre.

– MÉLIUZ ON disparou 15,10%, no quarto pregão seguido de valorização, após desdobramento de ações, e reagindo à forte queda desde as máximas registradas em julho. No ano, a ação acumula alta de mais de 200%.

– ENEVA ON avançou 3,42%, na esteira de relatório do Itaú BBA elevando a recomendação dos papéis para “outperform” e citando que a ação é o melhor veículo para enfrentar a crise hídrica no país. O preço-alvo foi elevado de 15 para R$ 18,60 por ação.

– WEG ON subiu 1,23%, tendo no radar acordo para a aquisição da empresa de transformadores para instrumentos e conjuntos de medição Balteau.

(Com Reuters)

Fique por dentro de todas as novidades da EQL

Assine a EQL Newsletter

Baixe gratuitamente a Planilha de Gastos Conscientes

Participe da live Meu Primeiro Investimento

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem:

Assine nossa newsletter