Assine nossa newsletter

EQL indica: 7 dicas culturais para o final de semana

Tem indicação de filme, livro, série, evento e muito mais! 
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Mesmo com o feriado de 7 de setembro nesta semana, muitas vezes a rotina pode ser cansativa e extenuante para profissionais, estudantes e todas as pessoas em um modo geral. Depois de uma semana de muitas preocupações, pressão no trabalho e horários apertados e reuniões, tudo o que queremos para o final de semana são momentos de descanso e lazer.

Pensando nisso, a Elas Que Lucrem separou algumas dicas culturais para você aproveitar o sábado e o domingo. Afinal, não há nada melhor do que relaxar ao mesmo tempo em que se absorve algo novo e legal. Tem indicação de filme, livro, série, evento e muito mais! 

Veja a seguir, 7 dicas culturais para o final de semana:

1. Podcast

Habitat

Apresentados pelas repórteres Jéssica Maes e Nathalia Silva, o programa viaja o Brasil para contar as histórias das espécies em extinção dos biomas brasileiros. Com participação de pesquisadores e historiadores sobre o tema, o podcast perpassa pelas questões relacionadas ao fenômeno da extinção em massa, dando ênfase aos impactos humanos dentro desse processo, como a destruição do meio ambiente, aquecimento global, ocupação espacial dos biomas, entre outras. Também conta a história das espécies animais que estão em processo de extinção atualmente. O podcast é produzido pela Folha de São Paulo, com apoio do Instituto Serrapilheira e pode ser ouvido no Spotify.

2. Curso livre

Teoria dos jogos

O curso é oferecido por professores da Universidade de Stanford e Columbia Britânica. As aulas são uma introdução à Teoria dos Jogos, um modelo matemático que analisa as interações e estratégias de agentes racionais e irracionais popularizada na cultura pop por filmes como “Uma mente brilhante”. A teoria pode ser aplicada nos mais diversos contextos, seja em jogos de xadrez, poker e futebol, como também em guerras, situações geopolíticas, campanhas eleitorais e competições empresariais.

O curso fornecerá as ferramentas básicas para entender a teoria, como a representação de jogos e estratégias, árvore de jogos, repetições, dentre outros assuntos com uma ampla variedade de exemplos de aplicações, como jogos clássicos e aplicativos. Ministradas em inglês, as aulas se dividem em 8 módulos semanais e estão disponíveis gratuitamente na plataforma Coursera.

3. Exposição

34ª Bienal de arte de SP

Com o tema Faz escuro mas eu canto, a 34ª Bienal de Arte de São Paulo “pretende reivindicar o direito à complexidade e à opacidade”. A proposta dessa Bienal, curada por Jacopo Crivelli Visconti, Paulo Miyada, Carla Zaccagnini, Francesco Stocchi e Ruth Estévez, é realçar os problemas que o mundo enfrenta atualmente através da arte. A mostra reúne 1.100 trabalhos de 91 artistas de todos os continentes do globo.

A exposição acontece no Pavilhão Ciccillo Matarazzo, localizado no Parque do Ibirapuera, capital paulista, e ficará em funcionamento até o dia 5 de dezembro, com entrada gratuita e seguindo todos os protocolos de segurança contra a Covid-19. O uso de máscara e o comprovante de vacinação com pelo menos uma dose são obrigatórios. Nas terças, quartas, sextas e domingos, a exposição funciona das 10h às 19h, com a última entrada às 18h30. Nas quintas e sábados, o horário de funcionamento é das 10h às 21h, com última entrada às 20h30.

4. Série

Frankie and Grace

A série Original da Netflix conta a história de duas idosas totalmente diferentes que se tornam amigas após descobrirem que seus respectivos maridos são um casal homossexual e as enganaram por todo o matrimônio. Juntas, elas vão lidando com a superação da questão e com a própria questão de recomeçar a vida na terceira idade. Assim, a série é recheada de humor e aborda questões como o companheirismo feminino, questões da sexualidade das mulheres idosas, homossexualidade na sociedade, o conflito geracional entre pais e filhos e até a questão dos serviços econômicos voltados para a terceira idade. A trama é repleta de grandes estrelas de Hollywood, como Jane Fonda, Lily Tomlin, Sam Waterston e Martin Sheen. 

5. Livro

Mulheres, Mitos e Deusas 

O livro Mulheres, Mitos e Deusas, da autora Martha Robees, é uma coletânea de narrativas e mitos sobre mulheres através da história, sejam elas figuras políticas, bíblicas ou mitológicas. Analisando a simbologia feminina através do tempo e a construção da percepção em torno de diferentes personalidades. A obra reúne estudos de nomes como Cleopatra, Lilith, Eva, Ártemis, Vênus, Joana D’Arc  e outras deusas e mulheres reais. 

6. Perfil no Instagram

@museudoisolamento

O Museu do Isolamento é uma página online com o objetivo de difundir as produções artísticas resultantes do isolamento social dos últimos meses. Criado por causa da pandemia da Covid-19, o perfil aborda temas para além dos impactos crise sanitária e pretende continuar divulgando produções não relacionadas após a retomada das atividades sociais, como forma de ser um espaço de escuta e incentivo da arte independente no mundo digital.

7. Filme

Cinelist Mulheres Fazem Cinema

Sem elas, esses filmes não seriam nada! Disponível na plataforma de streaming Telecine Play, a cinelist reúne filmes dos mais diversos gêneros que foram protagonizados, roteirizados e dirigidos por mulheres. São 180 títulos, que vão de clássicos, como Central do Brasil, até longas mais recentes, como Emma. A cinelist também conta com filmes de diversos países, como Índia, Brasil, África do Sul, Argélia, Qatar, além de Estados Unidos e países da Europa. 

Fique por dentro de todas as novidades da EQL

Assine a EQL Newsletter

Baixe gratuitamente a Planilha de Gastos Conscientes

Participe da live Meu Primeiro Investimento

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem:

Assine nossa newsletter