Assine nossa newsletter

Influenciadora polonesa é a primeira a vender amor como ativo digital

O comprador terá direito de escolher uma obra de arte digital feita pela influencer e a um jantar com ela no "mundo real"
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email
Marta Renti, 21, possui 2,4 milhões de seguidores no Tik Tok e tem se destacado no mundo da música, com 1,8 milhão de visualizações em videoclipes

Há quem diga que amor não se compra. Porém, a influencer polonesa Marta Rentel, estrela no Tik Tok de 21 anos, diz que conseguiu vender seu “amor virtual” como token não fungível (NFT), por  US$ 250 mil, equivalente a R$ 1,3 milhão de reais. 

Os NFTs são certificados digitais de propriedade de ativos virtuais ou físicos, que não possuem uma forma tangível fora do mundo digital, mas  podem ser comprados e vendidos. Geralmente, são usados para aquisição de obras de arte, gráficos, músicas e outros formatos existentes no mundo virtual, como posts em redes sociais. Os compradores garantem exclusividade para o uso do ativo, apesar do autor manter os direitos autorais.

Conhecida na internet como Marti Renti, a influenciadora anunciou a venda no Instagram e afirmou que o comprador ainda é desconhecido.  “Ontem vendi meu primeiro NFT por uma quantia incrível –não vou dizer quanto, porque eu mesma não acredito. Não sei quem comprou ainda. Brent, se for você, obrigada”.

Marta Rentel tem mais de 2,4 milhões de seguidores no Tik Tok e acumula 71 milhões de curtidas em seus vídeos e fotos nas redes sociais. A influenciadora também tem se destacado no mundo da música e está prestes a participar da versão polonesa do reality show ‘Fame or Shame‘.

Segundo o site polonês plotek.pl, o “amor digital” de Marti será expressado por meio de qualquer coisa que o comprador escolher: gráfico, foto, videogame, um vídeo do YouTube, uma música ou até mesmo um GIF animado. Além disso, é certo que a venda vem com um bônus: um jantar com a tiktoker no mundo real.

O NFT foi vendido em colaboração com Fanadise, uma plataforma que permite que influenciadores vendam conteúdo exclusivo, como fotos e vídeos, para seus fãs que pagam por uma assinatura. Segundo a plataforma, “este é o primeiro Love NFT baseado no DNA digital de Marti Renti. Símbolo e o início da nova era digital”.

A jovem diz querer inovar e criar o futuro, por isso decidiu ser a primeira pessoa do mundo a simbolizar emoções. “Amor físico, amor platônico e amor digital podem ser diferentes, mas cada um é real da mesma forma que todos os nossos pensamentos e sentimentos. E digital significa eterno. Afinal, tudo o que for digitalizado agora, ficará conosco até o fim do mundo –fotos, filmes, memórias, tudo”.

Siga Elas Que Lucrem nas redes sociais:

Siga Elas Que Lucrem:

Assine nossa newsletter